Archive for ‘Costura’

03/08/2015

Adoro chapéus – Cap

Este slideshow necessita de JavaScript.

12/11/2013

Chapéu Mágico

Mais um chapéu para minha coleção. Uso este recurso na contação de histórias.

Esse é bem querido, principalmente porque foi feito por mim desde o tingimento dos tecidos em tie dye.

Nas cores do Livro Sem Palavras mais um Chapéu Mágico para levar história, imaginação e alegria à crianças e adultos.

Bem-vindo meu amigo.

Chapéu Mágico

 

05/11/2013

E o lixo?

O lixo

Vai para o saquinho azul claro

Enfeitado de fuxico

Este slideshow necessita de JavaScript.

20/09/2013

Peixe

Outro dia amanheci bem cansada. Corpo dolorido, mente vagarosa. Até meus cabelos pareciam doer. Meu marido chegou para almoçar e me aconchegou. Carinho bom que remedia.

Mais tarde, antes de voltar para o trabalho me disse: Hoje você descansa. Não faça nada!

Assim que saiu tive uma ideia ótima: Quem nada é peixe.

E fiz uma almofada macia e colorida.

Daí me deparo com um texto de Cora Coralina… emudeci.

Meu Destino.

Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.

Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.

Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.

Indiferentes, cruzamos
Passavas com o fardo da vida…

Corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.

Esse dia foi marcado
com a pedra branca da cabeça de um peixe.

E, desde então, caminhamos
juntos pela vida…

Este slideshow necessita de JavaScript.

20/09/2013

Bolsa de criança

Segue imagens de duas bolsinhas que fiz para irmãs. Uma antiga encomenda, as meninas adoraram.

Este slideshow necessita de JavaScript.

19/09/2013

Baú de Segredos

É lá no fundo que está muitas vezes nosso querer, nossas contidas emoções, nossos segredos e sonhos…

É no baú que guardamos memórias, nem sempre boas, que abrimos de mansinho e fechamos rapidamente.

É lá fundo do baú que encontramos o que procurávamos porque serve para guardar uma parte de nós mesmos.

Rubem Alves nos fala sobre o quarto do mistério. Penso que dentro do quarto ainda  temos um baú!

Dia desses encontrei um que me procurava pela rua. Quando o encontrei sujo e abandonado fiquei pensando nos segredos  que guardou um dia.

Trouxe para perto e transformei-o num baú que guarda coisas boas. Porque aqui em casa não temos armários, temos prateleiras que mostram o que somos mas, de vez em quando é bom ter um baú de segredos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: